QUEM SOMOS

Conheça a Sol Maior

O PAPEL TRANSFORMADOR DA MÚSICA

 

A Ong Sol Maior desenvolve, desde 2007, em Porto Alegre, um projeto de inclusão social, que  muda a vida e a perspectiva de futuro de centenas de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade. Acreditando no papel transformador da arte, o projeto oferece oficinas gratuitas de música e dança a 450 alunos, num ambiente de grande acolhimento afetivo e com a prática cotidiana de valores éticos. A instituição exige que os alunos estejam  matriculados no ensino público regular e já atendeu diretamente mais de 2900 pessoas, entre 06 e 17 anos, desde o início de suas atividades.

 

Associação civil de direito privado, de caráter educacional e sem fins lucrativos, a Sol Maior atende atualmente 450 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Mais de 2500 pessoas já participaram das oficinas da instituição, que aposta na transformação social através da música – instrumental e canto coral – e da dança, e no cultivo de valores sólidos, como respeito, disciplina, ética, responsabilidade e solidariedade. Cerca de 10 mil pessoas, entre famílias, comunidades e escolas já foram beneficiadas pela Sol Maior.

 

COMO FUNCIONA O PROJETO

 

As oficinas gratuitas de música instrumental, dança e canto coral são oferecidas no turno inverso ao da escola, e todos os   instrumentos necessários ao aprendizado são oferecidos pela instituição.  Os alunos recebem alimentação, cartão assistencial de passagens, uniforme, material pedagógico e participam de atividades culturais e de entretenimento proporcionadas pela Sol Maior. A instituição oferece oficinas de violão, cavaquinho, bandolim, teclado, flauta, percussão, bateria, dança e canto coral.  As atividades são realizadas no Multipalco do Theatro São Pedro – o espaço cultural mais prestigiado de Porto Alegre – e na sede da ACBERGS, no bairro Humaitá, situada na periferia da capital gaúcha.

O projeto oferece ainda a oportunidade de apresentações públicas em escolas, asilos e hospitais. No encerramento das atividades anuais, os alunos realizam um sonho, antes inatingível, o de se apresentarem  no  palco do  Theatro São Pedro, o mais antigo e prestigiado da capital gaúcha .

As ações da Sol Maior – associação civil de direito privado, de caráter educacional e sem fins lucrativos –  buscam estar em consonância com o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente – oportunizando o acesso a um espaço de proteção social. Assim, a instituição tem registro no Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS – e no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA.

 

PREPARAÇÃO PARA O FUTURO

 

O Projeto Vida, da Sol Maior prepara  os alunos em fase emancipatória, para ingressarem no mercado de trabalho, através de oficinas específicas, de qualificação e orientação profissional, identificando suas habilidades e interesses. Após esta etapa, a  Sol Maior, os encaminha ao mercado de trabalho, através de parcerias. Atualmente, o Projeto Vida, criado em 2017, pode se orgulhar de seus resultados, pois 95% dos alunos egressos da instituição já estão atuando no mercado de trabalho.

 

RESULTADOS

 

 

✅ Índice de evasão zero na Sol Maior – desde 2007, nenhum aluno deixou o projeto por vontade própria.

 

✅ Alto índice de frequência às oficinas – 95%  dos alunos tem frequência regular às classes oferecidas.

 

✅ Aprovação escolar em larga escala – 98,5% dos assistidos obtiveram aprovação escolar.

 

✅ Ingresso no mercado de trabalho94% dos alunos egressos da Sol Maior já estão empregados ou em estágio profissional.

 

Ingresso em universidadescerca de 13  adolescentes  que concluíram seu ciclo na instituição já  estão em Universidades.

 

✅ Público beneficiado diretamente –2.950 crianças e adolescentes usufruíram do trabalho de inclusão social da Sol Maior.

 

✅ Público beneficiado indiretamente –12.400  pessoas –  grupo familiar e comunitário de cada criança e adolescente.

 

✅ Participação das famílias 92% das famílias dos alunos participam ativamente das atividades da Sol Maior.

 

SOL MAIOR NA PANDEMIA

 

A missão da Sol Maior continuou incessante desde o início da  pandemia do Covid 19.  A partir da determinação de isolamento social, em março de 2020, a instituição passou a oferecer oficinas de música e dança, através de seu canal no Youtube, além de promover encontros on line com apresentações musicais, jogos e gincanas. Os alunos e suas famílias passaram a ter também atendimento psicológico oferecido pela Sol Maior, neste período.

Neste período a atenção da entidade se voltou  também para  prover o sustento básico das famílias, grande parte atingida  pelo desemprego. Cerca de 28 toneladas de alimentos  foram entregues em 2020,  além de  kits de higiene e limpeza, calçados e cobertores, totalizando mais de 2700 pessoas beneficiadas.

Em 2021, a entidade deu continuidade ao provimento de cestas básicas às famílias mais carentes, e está realizando visitas semanais às vilas, entregando kits lanche e materiais de higiene. As oficinas online permanecem bem como o atendimento psicológico aos alunos e suas famílias.

Em breve, a volta das aulas presenciais se tornará realidade.

 

HISTÓRICO

 

A Sol Maior foi criada em 2007, por Maria Teresa Campos e César Franarin, tendo como sede a Fundação Pão dos Pobres e apenas 50 alunos. Em 2012, passou a funcionar em salas do Multipalco do Theatro São Pedro, atendendo cerca de 130 crianças e adolescentes em parceria com a Associação dos Amigos do Theatro São Pedro. Em 2014, diante da crescente e constante demanda, a entidade triplicou o número de alunos, passando a atender também na ACBERGS – Associação das Creches Beneficentes do Rio Grande do Sul, na Comunidade Humaitá. Desde 2019 a Sol Maior atende simultaneamente 450 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

 

Hoje, a instituição tem uma equipe de 20 pessoas, entre coordenadores, educadores, monitores, auxiliares administrativos e assessores.

 

MISSÃO

 

Promover o desenvolvimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, buscando, através da educação em música e dança, criar oportunidades para que possam exercer plenamente seu potencial como pessoas e cidadãos.

 

VISÃO

 

Ser organização referência no desenvolvimento da cidadania de crianças e adolescentes, por meio da educação em música e dança.

 

VALORES

 

 

UMA EQUIPE BEM AFINADA

Augusto César Corrêa Franarin

Presidente

João Carlos Salin Gonçalves

1º Vice-presidente

Paulo Alves de Campos

2° Vice-presidente

Helena Capp Zilles

Gerente Administrativo

Douglas Daniel da Silva Portilho

Coordenador Pedagógico

Alessandra Mazzei

Assistente Social

Bruno Severo

Educador

Esthevam Quadros

Educador

Leonardo França

Educador

Manuel Abreu

Educador

Luciano Vieira

Educador

Taina dos Santos

Monitor

Renato Guterres

Monitor

Vagner Dias

Monitor

Ana Carolina

Monitor

Maycon Rodrigues

Monitor

Wesley Leite

Jovem aprendiz