QUEM SOMOS

Conheça a Sol Maior

O PAPEL TRANSFORMADOR DA MÚSICA

 

A Ong Sol Maior desenvolve, desde 2007, em Porto Alegre, um projeto de inclusão social, que  muda a vida e a perspectiva de futuro de centenas de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade. Acreditando no papel transformador da arte, o projeto oferece oficinas gratuitas de música e dança a 450 alunos, num ambiente de grande acolhimento afetivo e com a prática cotidiana de valores éticos. A instituição exige que os alunos estejam  matriculados no ensino público regular e já atendeu diretamente mais de 2900 pessoas, entre 06 e 17 anos, desde o início de suas atividades.

 

Associação civil de direito privado, de caráter educacional e sem fins lucrativos, a Sol Maior atende atualmente 450 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Mais de 2500 pessoas já participaram das oficinas da instituição, que aposta na transformação social através da música – instrumental e canto coral – e da dança, e no cultivo de valores sólidos, como respeito, disciplina, ética, responsabilidade e solidariedade. Cerca de 10 mil pessoas, entre famílias, comunidades e escolas já foram beneficiadas pela Sol Maior.

 

COMO FUNCIONA O PROJETO

 

As oficinas gratuitas de música instrumental, dança e canto coral são oferecidas no turno inverso ao da escola, e todos os   instrumentos necessários ao aprendizado são oferecidos pela instituição.  Os alunos recebem alimentação, cartão assistencial de passagens, uniforme, material pedagógico e participam de atividades culturais e de entretenimento proporcionadas pela Sol Maior. A instituição oferece oficinas de violão, cavaquinho, bandolim, teclado, flauta, percussão, bateria, dança e canto coral.  As atividades são realizadas no Multipalco do Theatro São Pedro – o espaço cultural mais prestigiado de Porto Alegre – e na sede da ACBERGS, no bairro Humaitá, situada na periferia da capital gaúcha.

O projeto oferece ainda a oportunidade de apresentações públicas em escolas, asilos e hospitais. No encerramento das atividades anuais, os alunos realizam um sonho, antes inatingível, o de se apresentarem  no  palco do  Theatro São Pedro, o mais antigo e prestigiado da capital gaúcha .

As ações da Sol Maior – associação civil de direito privado, de caráter educacional e sem fins lucrativos –  buscam estar em consonância com o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente – oportunizando o acesso a um espaço de proteção social. Assim, a instituição tem registro no Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS – e no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA.

 

PREPARAÇÃO PARA O FUTURO

 

O Projeto Vida, da Sol Maior prepara  os alunos em fase emancipatória, para ingressarem no mercado de trabalho, através de oficinas específicas, de qualificação e orientação profissional, identificando suas habilidades e interesses. Após esta etapa, a  Sol Maior, os encaminha ao mercado de trabalho, através de parcerias. Atualmente, o Projeto Vida, criado em 2017, pode se orgulhar de seus resultados, pois 95% dos alunos egressos da instituição já estão atuando no mercado de trabalho.

 

RESULTADOS

 

 

✅ Índice de evasão zero na Sol Maior – desde 2007, nenhum aluno deixou o projeto por vontade própria.

 

✅ Alto índice de frequência às oficinas – 95%  dos alunos tem frequência regular às classes oferecidas.

 

✅ Aprovação escolar em larga escala – 98,5% dos assistidos obtiveram aprovação escolar.

 

✅ Ingresso no mercado de trabalho94% dos alunos egressos da Sol Maior já estão empregados ou em estágio profissional.

 

Ingresso em universidadescerca de 13  adolescentes  que concluíram seu ciclo na instituição já  estão em Universidades.

 

✅ Público beneficiado diretamente –2.950 crianças e adolescentes usufruíram do trabalho de inclusão social da Sol Maior.

 

✅ Público beneficiado indiretamente –12.400  pessoas –  grupo familiar e comunitário de cada criança e adolescente.

 

✅ Participação das famílias 92% das famílias dos alunos participam ativamente das atividades da Sol Maior.

 

SOL MAIOR NA PANDEMIA

 

A missão da Sol Maior continuou incessante desde o início da  pandemia do Covid 19.  A partir da determinação de isolamento social, em março de 2020, a instituição passou a oferecer oficinas de música e dança, através de seu canal no Youtube, além de promover encontros on line com apresentações musicais, jogos e gincanas. Os alunos e suas famílias passaram a ter também atendimento psicológico oferecido pela Sol Maior, neste período.

Neste período a atenção da entidade se voltou  também para  prover o sustento básico das famílias, grande parte atingida  pelo desemprego. Cerca de 28 toneladas de alimentos  foram entregues em 2020,  além de  kits de higiene e limpeza, calçados e cobertores, totalizando mais de 2700 pessoas beneficiadas.

Em 2021, a entidade deu continuidade ao provimento de cestas básicas às famílias mais carentes, e está realizando visitas semanais às vilas, entregando kits lanche e materiais de higiene. As oficinas online permanecem bem como o atendimento psicológico aos alunos e suas famílias.

Em breve, a volta das aulas presenciais se tornará realidade.

 

HISTÓRICO

 

A Sol Maior foi criada em 2007, por Maria Teresa Campos e César Franarin, tendo como sede a Fundação Pão dos Pobres e apenas 50 alunos. Em 2012, passou a funcionar em salas do Multipalco do Theatro São Pedro, atendendo cerca de 130 crianças e adolescentes em parceria com a Associação dos Amigos do Theatro São Pedro. Em 2014, diante da crescente e constante demanda, a entidade triplicou o número de alunos, passando a atender também na ACBERGS – Associação das Creches Beneficentes do Rio Grande do Sul, na Comunidade Humaitá. Desde 2019 a Sol Maior atende simultaneamente 450 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

 

Hoje, a instituição tem uma equipe de 20 pessoas, entre coordenadores, educadores, monitores, auxiliares administrativos e assessores.

 

MISSÃO

 

Promover o desenvolvimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, buscando, através da educação em música e dança, criar oportunidades para que possam exercer plenamente seu potencial como pessoas e cidadãos.

 

VISÃO

 

Ser organização referência no desenvolvimento da cidadania de crianças e adolescentes, por meio da educação em música e dança.

 

VALORES

 

 

UMA EQUIPE BEM AFINADA

Augusto César Corrêa Franarin

Presidente

Maria Teresa Campos

1º Vice-presidente

João Carlos Salin Gonçalves

2º Vice-presidente

Helena Capp Zilles

Gerente Administrativo

Douglas Daniel da Silva Portilho

Coordenador Pedagógico

Luciano Vieira Ramos

Professor - Violão e cavaco

Alessandra Mazzei

Assistente Social