QUEM SOMOS

Conheça a Sol Maior

O PAPEL TRANSFORMADOR DA MÚSICA

 

Acreditando no papel formador e transformador da arte, desde 2007, a Associação Sol Maior dedica-se à educação musical gratuita de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Com este enfoque, a ONG desenvolve, desde sua fundação, por Maria Teresa Campos e César Franarin, um projeto que pretende mudar o futuro e a vida de centenas de crianças e jovens menos assistidos.

 

 

Associação civil de direito privado, de caráter educacional e sem fins lucrativos, a Sol Maior atende atualmente 450 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Mais de 2500 pessoas já participaram das oficinas da instituição, que aposta na transformação social através da música – instrumental e canto coral – e da dança, e no cultivo de valores sólidos, como respeito, disciplina, ética, responsabilidade e solidariedade. Cerca de 10 mil pessoas, entre famílias, comunidades e escolas já foram beneficiadas pela Sol Maior.

 

 

O projeto também oferece atividades sociais e culturais aos educandos, propiciando uma agenda de passeios, visitas a instituições culturais, ingressos para espetáculos de teatro e musicais e apresentações em escolas, asilos e hospitais. A Sol Maior realiza um espetáculo anual de final de ano com mais de mais de 150 alunos no palco do Theatro São Pedro, o mais antigo e prestigiado da capital gaúcha.

 

 

A instituição é voltada para um público de regiões de vulnerabilidade social de Porto Alegre, atingindo crianças e adolescentes na faixa etária dos 07 aos 17 anos, que estejam matriculados no ensino público regular. As ações do projeto buscam estar em consonância com o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente – oportunizando o acesso a um espaço de proteção social. Assim, a Sol Maior tem registro no Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS – e no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA.

 

RESULTADOS  

 

Projeto Vida – Pós Sol Maior

 

A instituição tem um programa  Projeto Vida – que visa preparar os alunos em fase emancipatória, para o futuro.  O mesmo acontece através de oficinas específicas, de qualificação e orientação profissional, identificando suas habilidades e interesses, e por meio do encaminhamento ao mercado de trabalho através de parcerias.

Pesquisa realizada entre 2015 e 2018, com alunos que concluíram seu ciclo na instituição,  revela  que:

– 84% dos alunos estão atuando no mercado de trabalho ou construindo grupos específicos na área musical.

– 100% destes, concluíram o ensino médio, com altos índices de desempenho.

– Cerca de 12 adolescentes estão frequentando universidades

– Os alunos, após se desligarem da Sol Maior, mantém grupos de relacionamento e se ajudam, principalmente em relação a oportunidades no mercado de trabalho.

 

 

COMO FUNCIONA

 

Os alunos têm oficinas duas vezes por semana nas modalidades escolhidas podendo optar por violão, cavaquinho, bandolim, teclado, flauta, percussão e bateria, além de canto coral e dança. Assim, de forma integrada, o aluno interage com diversas modalidades musicais.

 

 

As oficinas são realizadas por professores com formação superior em música e dança, no complexo Multipalco do Theatro São Pedro. Na ACBERGS, no bairro Humaitá, as oficinas são ministradas por professores e monitores

 

 

HISTÓRICO

 

A Sol Maior foi criada em 2007, por Maria Teresa Campos e César Franarin, tendo como sede a Fundação Pão dos Pobres e apenas 50 alunos. Em 2012, passou a funcionar em salas do Multipalco do Theatro São Pedro, atendendo cerca de 130 crianças e adolescentes em parceria com a Associação dos Amigos do Theatro São Pedro. Já em 2014, diante da crescente e constante demanda, a entidade triplicou o número de alunos, passando a atender também na ACBERGS – Associação das Creches Beneficentes do Rio Grande do Sul, na Comunidade Humaitá.

 

 

Hoje, a instituição tem uma equipe de 20 pessoas, entre coordenadores, educadores, monitores, auxiliares administrativos e assessores.

 

 

MISSÃO

 

Promover o desenvolvimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, buscando, através da educação em música e dança, criar oportunidades para que possam exercer plenamente seu potencial como pessoas e cidadãos.

 

VISÃO

 

Ser organização referência no desenvolvimento da cidadania de crianças e adolescentes, por meio da educação em música e dança.

 

VALORES

 

 

UMA EQUIPE BEM AFINADA

Augusto César Corrêa Franarin

Presidente

Maria Teresa Campos

1º Vice-presidente

João Carlos Salin Gonçalves

2º Vice-presidente

Helena Capp Zilles

Gerente Administrativo

Douglas Daniel da Silva Portilho

Coordenador Pedagógico

Luciano Vieira Ramos

Professor - Violão e cavaco

Alessandra Mazzei

Assistente Social